Aos 63 anos, o artista descobriu há pouco tempo que está com câncer na bexiga e na próstata. Segundo o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, o cantor já passou pela primeira sessão de quimioterapia.

Os fãs do “rei da lambada” foram surpreendidos com a notícia de que Beto Barbosa está enfrentando uma difícil batalha contra o câncer.

Apesar do quadro inspirar muitos cuidados, Beto Barbosa insiste em manter a agenda de shows. Conforme o cantor, nenhum compromisso foi cancelado.

É para aplaudir a determinação e o otimismo do artista. A atitude do paciente ajuda bastante ao longo do tratamento.

Entretanto, o Olho precisa explicar melhor para você o que é o câncer na próstata e na bexiga.

Veja!

Câncer de próstata

Costumava ser definida como a doença dos idosos, pois parecia afetar apenas a população idosa entre os homens. Isto é provavelmente porque o câncer de próstata se desenvolve lentamente e a maioria dos homens viverá até o fim dos seus dias sem saber que tinha câncer.

Os sintomas do câncer de próstata podem ser semelhantes aos da HBP (hiperplasia benigna da próstata ou simplesmente próstata aumentada). Pode acontecer que, se o câncer se espalhar, haverá uma sensação progressiva de cansaçoperda de apetite e, consequentemente, perda de peso. Possivelmente terá dores nas costas e nos ossos.

Como a próstata é difícil de encontrar e impossível de visualizar, é muito importante que você vá ao seu médico assim que achar que algo não está certo.

O câncer de próstata pode ser diagnosticado com um exame médico (exame de toque retal, ou seja, o médico insere um dedo no reto para verificar se há mudanças) ou por meio de um ultrassom ou biópsia.

Muitas vezes, suspeita-se que a doença pode ocorrer quando um resultado anormal é obtido em um exame de sangue do PSA (antígeno prostático específico), no qual se determinam os níveis de proteínas específicas.

A escolha do tratamento depende, em grande medida, do grau de disseminação da doença.

Se não se espalhou para fora da próstata, provavelmente vale a pena um tratamento cirúrgico, que por sua vez pode ser de diferentes tipos; de cirurgia aberta, cirurgia laparoscópica, cirurgia robótica e até mesmo através da uretra. A escolha do tipo de técnica dependerá de cada caso específico.

O tratamento não tem que envolver uma cirurgia radical em todos os casos. Por exemplo, o câncer de próstata parece responder bem aos tratamentos hormonais, talvez pela administração de estrogênio, hormônio feminino, ou bloqueando o hormônio masculino, testosterona, usando outras drogas supressoras.

A radioterapia é usada em alguns casos como tratamento complementar após a cirurgia, mas também pode ser usada sem cirurgia.

Mais uma vez, a escolha da terapia será individual para cada paciente. Pode ser aplicado externamente, ou internamente, implantando sementes radioativas na próstata.

Nos casos em que o câncer se espalhou para outros órgãos, a quimioterapia e o tratamento hormonal provavelmente serão propostos.

Provavelmente, no caso do Beto Barbosa, a escolha pela quimioterapia como tratamento se deve ao fato de que foram encontrados tumores na próstata e na bexiga.

Câncer de bexiga

Aproximadamente 40% dos cânceres de bexiga têm seu principal fator de risco no tabacoÉ um câncer frequente, o oitavo por incidência, mas a maioria dos casos é diagnosticada quando a doença não está muito avançada, o que facilita sua cura.

Em geral, a detecção do câncer de bexiga é devido à presença de sangue na urina, embora também haja desconforto durante a micção e, às vezes, dor pélvica.

Se o tumor está em um estágio precoce, o tratamento com uma combinação de radioterapia e quimioterapia pode ser suficiente para eliminá-lo. Alguns estudos parecem indicar que, quando essa opção terapêutica não é curativa, se aplicada antes da cirurgia, pode reduzir o risco de uma recaída.

Em geral, o tratamento do câncer de bexiga envolve a realização de uma cistectomia, um procedimento cirúrgico no qual a bexiga é parcial ou totalmente removida. Em alguns casos, esta cirurgia não é invasiva e é realizada transuretralmente.

O tratamento é completado com quimioterapia, embora nem sempre seja necessário, dependendo do estágio de desenvolvimento em que a doença é encontrada.

A quimioterapia também é a opção de tratamento para os pacientes com a doença avançada que não são passíveis de cirurgia. Em tais casos, o objetivo do tratamento será reduzir os sintomas e aumentar o tempo de sobrevivência.

E sobre o quadro do Beto Barbosa, vale destacar a sua confiança. Quando começou a sentir alguns sintomas, ele procurou ajuda médica. A princípio não identificaram o problema.

Contudo, o artista não desistiu e continuou investigando, até que foi diagnosticado câncer na bexiga e na próstata.

Com a mesma confiança que buscou respostas para seus problemas, Beto Barbosa pede orações aos fãs e afirma que ficará bem.

Então, vamos torcer pelo restabelecimento do cantor e que ele tenha um excelente prognóstico de sobrevida.

E você, caro(a) leitor(a)? O que pensa sobre estas duas doenças? Compartilhe suas experiências, dicas e sugestões. Ficarei muito feliz em receber seu comentário!

Cantor famoso revela que está com câncer e pede orações

Comentários

Comentários

Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.