Suas definições de ‘antissocial’, sem sombra de dúvidas, serão atualizadas. A moradora de Madri, na Espanha, Carmen Jiménez, 57 anos, passou 28 anos de sua vida sem cumprimentar ninguém. Mas calma aí que ela usou uma tática inusitada ao extremo. A mulher fingiu ser cega durante todo esse período e, assim, não tinha que cumprimentar as pessoas.

02141607616232

Quando perguntada como ela havia perdido a visão, a justificativa era que tinha sofrido uma lesão séria nos olhos. Você pode se perguntar: “Mas ninguém nunca desconfiou?” Não! Ela enganou todo mundo, inclusive as pessoas da família. “Foi doloroso para todos, mas, aos poucos, foram se acostumando”, disse o marido da ‘ex-cega’.

“Eu estava cansada de encontrar as pessoas na rua e parar pra dizer ‘olá’. Nunca fui uma pessoa sociável e, fingindo ser cega, evitava muitas responsabilidades sociais”, disse Carmen, em entrevista ao Hay Noticia, da Espanha.

A timidez de Carmen pode ter um preço. Familiares e amigos não gostaram de ser enganados por tanto tempo e quem não vai ficar nada cega diante da situação é a Justiça. Por ser deficiente visual, a mulher recebia assistência pessoal e ajuda econômica e agora vai ter que se explicar no tribunal.

Mulher se finge de cega durante 28 anos para não cumprimentar ninguém

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.